AVENTURA DE APRENDER

Site da Alefe

BLOG

O VISITANTE

Posted by aventuradeaprender on January 30, 2017 at 7:55 AM

DICA DE FILME




O visitante (assistido em 2014)


Antioch. Há 3 anos Marian Jordan foi assassinada, sendo que os criminosos nunca foram encontrados. Isto fez com que o pastor Travis Jordan, seu marido, perdesse a fé em Deus. Subitamente milagres acontecem na pequena cidade. Michael Elliot, o filho de uma veterinária, Morgan Elliot, que recentemente chegou em Antioch, poderia ter morrido em um acidente de carro, mas não teve um arranhão. Coisas milagrosas como um paralítico andar, um tumor regredir e até mesmo o cão de Morgan, que fora enterrado, aparecer vivo. Em todos estes eventos três desconhecidos usando roupas pretas são vistos e Brandon Nichols sugere que ele possa ser Jesus Cristo. Os moradores de Antioch acharam que estes fatos eram um sinal divino e passam a venerar Nichols como um profeta, sem pensar que nem todo milagre é uma benção. Entretanto Travis e Morgan acham tudo muito estranho e resolvem investigar o que está ocorrendo na cidade.


Não tenho muito para falar da história porque a sinopse já diz praticamente tudo. Eu já havia assistido ao filme durante o meu período de quarentena por causa do acidente em 2008, mas decidi assistir de novo em 2014. Em 2008, infelizmente, acabou aguçando meu cessacionismo (descrença em milagres atualmente). Logicamente isso já ficou pra trás e sei o quanto eu estava errada.


Eu quis rever porque nos debates em um grupo de ufologia estávamos comentando que os sinais mostrados nos filmes para os ataques de alienígenas são idênticos aos mostrados em filmes sobre demônios e espíritos: interferências em equipamentos eletrônicos, alteração no comportamento das pessoas e dos animais, falsos milagres e prodígios... Eu nunca tinha reparado nesses detalhes específicos, mas depois percebi que na maioria dos filmes mostra todos esses sinais realmente. O último filme resenhado (sobrenatural) é outro dos inúmeros exemplos.


Apesar de o filme parecer ser um completo absurdo e exagero não é. Esse tipo de situação relatada acontece aos montes. Logicamente (e felizmente) a grande maioria se trata apenas de charlatanismo (hipnose, atores contratados, emocionalismo...) e não de coisas realmente malignas. Entretanto, ainda sim causam mal porque mata a fé das pessoas. E isso é algo que devemos combater tomando cuidado para denunciar os erros, mas amar os enganados por eles.


“Nem todo milagre é uma benção”


Nunca é demais dizer que falsos milagres e prodígios existem, mas também os verdadeiros. O diabo não perderia tempo em falsificar algo se não houvesse o real. Só fabricam bijuterias porque existem joias e ninguém perde tempo em falsificando uma nota de três reais porque elas não existem.


É oportuno comentar uma história que me causa arrepios e tem certa semelhança com os fatos do filme. No século XVII existiu um pregador puritano chamado Thomas Weir. O caso é tão absurdo que inspirou o autor de “O médico e o monstro”. Aliás, tudo o que se refere a essa época é muito nebuloso. Li em um estudo (que infelizmente só existe em inglês, mas dá pra entender pelo Google tradutor) que a história da igreja no chamado “Renascimento” é tão perversa e oculta que não está registrada em lugar nenhum. Sabemos poucas coisas, mas o suficiente pra tirar o sono de qualquer um.


O MÉDICO E O MONSTRO, E O PREGADOR SATANISTA: http://juliosevero.blogspot.com.br/2007/06/o-mdico-e-o-monstro-e-o-pregador.html


A SOCIEDADE SECRETA NA IGREJA DE SARDES: http://philologos.org/__eb-jki/tape05.htm


Pelo menos pra mim foi uma libertação porque finalmente pude entender as palavras tão duras que Jesus dirigiu pra igreja daquela época nas cartas em Apocalipse. Acho que aqui não é o momento nem o lugar adequado, mas confesso que tenho muita dificuldade em entender como alguém consegue ensinar sobre Deus e ainda assim adorar ao diabo. Esse tipo de coisa não entra na minha cabeça de jeito nenhum! Desculpem os termos, mas só gente muito burra pra fazer esse tipo de coisa. Só acredito porque está escrito na Bíblia e uma boa pesquisa em história fora dos meios oficiais revela tudo muito claramente. Além disso, já tive experiências pessoais gravíssimas nesse sentido e espero um dia ter coragem pra contar.


Spoiler:


Na verdade, o tal pregador não era profeta coisa nenhuma e sequer era cristão. Tratava-se de uma pessoa que com raiva de Deus faz um pacto com o diabo e todos os que supostamente foram curados além de terem a alma aprisionada aos demônios ainda ficaram pior depois de algum tempo.

Categories: Filmes, Testemunho

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments

REDES SOCIAIS

EMAIL:   [email protected]